[Filme] Coringa (Contém Spolier)

10/17/2019

Demorei alguns dias para escrever o que achei desse filme e até hoje não tenho palavras para expressa o filmaço que é Coringa.
Não é apenas um filme sobre vilão, é um filme que mostra como uma pessoa com transtornos psicológicos, não levada a sério pode agir. 

Mostra o que acontece quando a pessoa acumula as zombarias que escuta, os abandonos que vive, a ausência da paternidade, os maus tratos, os traumas sofridos na infância, as surras e falta de amor, a mentira que é toda a sua vida.
Coringa dirigido por Todd Phillips e interpretado por Joaquin Phoenix, irá contar a origem do grande vilão de Gotham City, Arthur Fleck (Coringa), aparentemente um homem como qualquer outro, mas seu interior é uma mescla de sentimentos e sentimentos esses nada bons.

É interessante que já no inicio do filme é possível percebe que o personagem é instável e o quanto a sociedade corrompe o ser humano, vemos um Arthur se maquiando de palhaço, ao fundo reportagens do caos em que se encontra a cidade, um lágrima rolando de seus olhos e logo após ele forçando um sorriso. Só esse primeiro momento já nos faz refleti o quanto veremos de realidade nessa ficção. Mais adiante ele afirma sobre o quanto a sociedade espera que as pessoas com alguma deficiência ajam como se não as tivessem. Ai eu paro para perguntar? Vergonha? Vergonha alheia? Ou vergonha por não saber como se portar diante da deficiência do outro?

As cenas seguintes é um caos atrás do outro e imagino o caos interno do ser humano Arthur, tem uma doença no qual ele não tem controle, com ataques de riso incontroláveis e sem motivo aparente, trabalha como palhaço e acredita fielmente que ele é capaz de fazer o outro rir, tem que cuidar da mãe que está doente, descobre que seu pai pode ser o cara mais rico de Gotham City, além de ter que lhe dar com diversas situações em que ele sofre "perseguição".

Arthur acaba matando sua primeira vitima e ele não sente pena, medo ou qualquer sentimento de tristeza, ele sente alivio, ele se sente bem consigo mesmo pela primeira vez. 
E ai vem mais questões? E teorias, se estamos vendo um filme com um personagem psicologicamente instável, será que de fato tudo aconteceu? Ou será que foi obra de sua mente caótica? Não me refiro as mortes, pois se pararmos para analisar os sorrisos de nosso personagens veremos que os sorrisos reais e prazerosos são quando ele mata ou implanta o caos.

Assistir esse filme é analisar as entrelinhas, a trilha sonora, o olhar, a desenvoltura do personagem, sempre triste, olhar distante, até tenta ser sociável, fica na sua, eu diria até que ele poderia ter aspectos de uma personalidade borderline ou de alguém que sofre de depressão.
Acredito que o ator consegui incorporar o Coringa perfeitamente bem.
É um filme intenso, não diria violento, pois acredito que a intenção era mostrar o quanto a pessoa é capaz de suportar antes da instabilidade se instaurar. É tudo voltado para evolução do personagem até ele se tornar o vilão.
Os últimos momentos do filme me deixou de boca aberta e mais reflexiva.



Sinopse: História de origem do vilão mais conhecido e insano já enfrentado pelo Batman: o lendário Coringa (Joaquin Phoenix). Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante. 
Elenco: Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz
Duração: 121 min
Diretor: Todd Phillips
Distribuidora: Warner Bros
Gênero: Ação 
Classificação: 16 Anos

Assista ao Trailer:


0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!