[Filme] Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa

2/18/2020

Após Esquadrão Suicida não ter sido tudo aquilo que alguns desejavam, grandes expectativas foram criadas com Aves de Rapina e acredito que foram alcançadas, diferentemente de Esquadrão aqui veremos uma Arlequina que não foi sexualizada, cenas de assédio foram bem trabalhadas sem ser vulgarizada, ponto para diretora Cathy Yan.
Durante todo o filme percebemos como a mente da Arlequina é caótica, para ela tudo são cores e diversão, após se separar do Coringa e ter seu surto, veremos nossa protagonista tentar tomar as rédeas de sua vida, a sua maneira, mas os homens que a cerca parecem não permitir que ela tenha sua voz. Esse é um dos pontos que torna Aves de Rapina um filme maravilhoso, veremos mulheres que de alguma forma são postas de lado pelos homens. De inicio todos estão atrás do diamante da família Bertinelli até que elas percebem que juntas são mais fortes.
A narrativa do filme é de forma não linear e isso mostra como a mente da nossa querida Arlequina é um caos, ela parece interagir com o público. É um filme que vale a pena assistir pois apesar de todo o colorido e confusão que vem junto com essa Emancipação, ele nos mostra o quanto as mulheres ainda terão que lutar pelo seu espaço, nos mostra o quanto o mundo ainda é cruel e o quanto os homens usam de sua força para querer algo que não é seu.


Sinopse: Arlequina (Margot Robbie), Canário Negro (Jurnee Smollett), Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Cassandra Cain e a policial Renée Montoya (Rosie Perez) formam um grupo inusitado de heroínas. Quando um perigoso criminoso começa a causar destruição em Gotham, as cinco mulheres precisam se unir para defender a cidade. 
Elenco: Margot Robbie, Mary Elizabeth Winstead, Jurnee Smollett-Bell
Duração: 108 min
Diretor: Cathy Yan
Distribuidora: Warner Bros
Gênero: Ação 
Classificação: 16 Anos

Assista ao Trailer:


0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!