[Resenha] Bom dia, Verônica

2/19/2020


Livro: Bom dia, Verônica
Autores: Raphael Montes e Ilana Casoy
Páginas: 256
Ano: 2019
Comprar: Físico

"Bom dia, Verônica", um livro instigante, que te deixa com vontade prossegui sem parar a cada capitulo lido. 
Conheceremos a Verônica, ela trabalha no DHPP de São Paulo como secretária do delegado Carvana, que já estava prestes a se aposentar e preferia arquivar os processos sempre que possível do que ter que investigá-los e não foi diferente, nesse fatídico dia. 


"Ele gostava do seu pequeno poder de mandar e desmandar em mim, eu gostava do meu verdadeiro poder de controlá-lo na miúda, em silêncio, sem que ele notasse."

Carvana acaba dispensando uma mulher chamada Martha Campos, que tinha ido fazer uma denúncia mas sem provas o delegado mandará esquecer, decepcionada com a vida e com a falta de atitude do delegado, Marta se joga do prédio da polícia. Verônica não consegue impedi, mas decide começa uma investigação e é partir desse ponto que a vida da secretária do DHPP passará por mudanças, pois outro caso surgirá, dessa vez ela será procurada pela Janete, esposa de um policial militar que anda fora da linha.


"A vida é assim: você faz cem coisas certas, mas os sacanas só se lembram de uma coisa errada."

Uma policial, duas mentes doentes, várias mortes, é isso que encontraremos nesse romance policial.
Não irei me estender na história, pois são os detalhes e as surpresas que instigam a leitura desse livro cercado por mistérios. A trama é cheia de assassinatos, estupros, traições e chantagens, carregada de clichês, mas quem não gosta de um bom clichê? Teremos uma protagonista que toma atitudes sem pensar muito nas consequências, teremos personagens que talvez tenham um destaque maior, até mesmo que a Verônica. 
É uma leitura envolvente e rápida que recomendo.


Sinopse: Chegou a hora de abrir a caixa e revelar muito mais que um mistério — uma parceria, um pacto vivo a quatro mãos, um suspense que atormentou leitores e despertou questionamentos. Qual a verdadeira identidade de Andrea Killmore? Por trás de um thriller hipnotizante e surpreendente, duas mentes sombrias, familiares ao perigo e a todos os amantes da literatura dark: Casoy e Montes.A rotina da secretária de polícia Verônica Torres era pacata, burocrática e repleta de sonhos interrompidos até aquela manhã. Um abismo se abre diante de seus pés de uma hora para outra quando, na mesma semana, ela presencia um suicídio inesperado e recebe a ligação anônima de uma mulher clamando por sua vida. Verônica sente um verdadeiro calafrio, mas abraça a oportunidade de mostrar suas habilidades investigativas e decide mergulhar sozinha nos dois casos. Um turbilhão de acontecimentos inesperados é desencadeado e a levam a um encontro com lado mais sombrio do coração humano.

0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!