[Resenha] As Quatro Rainhas Mortas

9/17/2021


Livro: As Quatro Rainhas Mortas
Autora: Astrid Scholte
Páginas: 391
Ano: 2019
Comprar: Físico

Quadrara um continente dividido em quatro quadrantes Archia, Eonia, Toria e Ludia, cada quadrante governado por uma rainha, Iris, Corra, Marguerite e Stessa respectivamente. Quadrara tem suas leis e uma delas é não poder se casar e seus descendentes são criados em seus quadrantes até saberem que tem que assumir o trono.

"Nunca abra mão de sua vantagem até ter a mercadoria em mãos... A promessa de um acordo não é um acordo."

Paralelo a isso Keralie, uma jovem toriana é uma larapia habilidosa e trabalha para Mackiel e ele a faz roubar um chip, tudo que é roubado é leiloado, mas esse chip não é leiloado e o dono dele aparece para tentar resgatá-lo, só que Keralie acaba ingerindo o chip e vê a morte das quatro rainhas de Quadrara.
Enquanto isso, as rainhas estão morrendo e ninguém consegue pegar o assassino, Keralie resolver que irá salvar as rainhas, mas acabará se deparando com uma surpresa.

"... - Às vezes fracassamos porque não estamos destinados ao sucesso.- Às vezes o fracasso é o início do sucesso."

O livro irá intercalar entre as rainhas e Keralie, a história é envolvente, quando vi que teria esse lançamento desejei muito ele e acabou vindo na caixa do Turista Literário, mas confesso que acabei acertando o final e não foi tão surpreendente para mim, mas é um livro que eu recomendo a leitura pois é uma fantasia muito bem escrita, mas ela se perde nas questões que eu acho que a autora gostaria de tratar.


Sinopse: Na efervescência de paixões proibidas, segredos e alguns mistérios, o reinado das quatro rainhas de Quadara está ameaçado – resta saber como, e por quem.No continente de Quadara, há séculos quatro rainhas reinam absolutas, cada uma representando o próprio quadrante. Juntas, mas separadas. A decidida iris fala por archia, a ilha de terras férteis; a estoica corra representa a tecnológica eonia; marguerite, a mais velha das rainhas, é a soberana de toria e de seus curiosos habitantes; e stessa, a mais jovem, é o rosto de ludia, o quadrante da diversão e da arte. As quatro mulheres dividem o poder, sempre respeitando as leis das rainhas, sempre pensando no povo e no melhor para a nação.Mas elas têm segredos, e estes podem ser letais. Tão letais quanto Kelarie Corrington. Aos 17 anos, a toriana é a mais hábil larápia e a melhor mentirosa de jetée. Um distrito de excessos, contrabando e charlatões. O último lugar que varin, um mensageiro eonista, deveria visitar. Mas ele foi roubado. Por kpKeralie, e a jovem é a única esperança de reaver a mercadoria e manter seu emprego. Um mensageiro nunca pode perder sua encomenda. Para piorar, há coisas muito mais sinistras nos chips de comunicação afanados por Keralie.Algo que pode enredar a larápia e o mensageiro em uma conspiração para assassinar as quatro rainhas de Quadara. Sem opção, os dois resolvem se unir para descobrir o assassino e salvar a própria vida no processo. Quando sua relutante parceria começa a se transformar em algo mais, os dois precisam aprender a confiar um no outro e a superar as diferenças entre quadrantes para viver esse amor. Mas será que uma curiosa toriana e um insensível eonista têm alguma chance.

0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!