[Resenha] O Desparecimento de Josef Mengele

10/23/2020


Livro: O Desaparecimento de Josef Mengele
Autor: Olivier Guez
Páginas: 223
Ano: 2019
Editora: Intrínseca
Comprar: Físico


O livro contará a história de Josef Mengele, após a derrota de Hitler, ele ficou foragido, vivendo de país em país, para não ser preso. Conhecido como anjo da morte, ele chegará a Argentina em 1949, com o nome de Helmut Gregor. Tudo que havia sido combinado na Europa para sua fuga e recebimento em Buenos Aires, não acontece e ele terá que se virar até consegui encontrar a pessoa que irá ajudá-lo, ele começará se passando por um homem humilde, sempre escondendo sua verdadeira história.

"... sente-se minúsculo diante do tabuleiro, uma pulga insignificante, ele, que aterrorizava um reino inteiro não fazia tanto tempo assim."

Mengele era um homem ligado aos cuidados de sua beleza, por conta disso ele não chegou a tatuar seu número de matrícula, motivo pelo qual ninguém o reconheceu como o médico da SS e ao ser preso foi tratado como soldado simples. 
Sua esposa e filho não acompanhou nessa viagem, mas se mantiveram informados através de cartas, ela optou por não ter uma vida clandestina.
Teremos um breve relato da história da Argentina com os Perón no poder, que teve ligação com os alemãs e eles triunfaram onde Mussolini e Hitler fracassaram, ao menos por um tempo. Sendo desta forma que a maioria dos foragidos conseguiram se estabelecer na América.

"Bem-humorado, seu semblante alegre mascara sua crueldade."

Josef começará a trabalhar como carpinteiro, até conhecer Fritsch que o ajudará e irá introduzi-lo na sociedade Alemã existente na Argentina, ele terá contato com sua espécie e conhecerá Sassem a primeira pessoa, a quem ele sente confiança de contar quem realmente é. 
Após um tempo, Mengele começa a fazer negócios na Argentina e no Paraguai junto com seu pai que não o apresenta como filho. Os alemães hitilarista querem retomar o poder de volta mas não sabem ainda como. 
Mengele conhecerá também Adolf Eichmann e eles não irão se dá bem. Depois de um tempo volta a usar seu nome e se casa com a cunhada, viúva de seu irmão e vive uma vida boa, tudo ia bem, até que as perseguições recomeçam, seus amigos começam a ser presos e ele foge para o Paraguai e posteriormente para o Brasil, onde terá uma vida bem caótica.

"Se o planeta não tivesse se unido contra a Alemanha, o nazismo continuaria no poder."

"O desaparecimento de Josef Mengele" conta sua trajetória de vida, relatos do que ele viveu pós guerra, nada é exato, mas é possível ter uma noção da pessoa que ele se tornou e em nenhum momento ele chegou a se arrepender do que fez. 
Oliver Guez, autor deste livro fez uma pesquisa bibliográfica minuciosa e até viajou para poder trazer um pouco desse médico que mais matou do que salvou e conseguiu escapar dos tribunais. 
Foi uma leitura fluída, apesar da temática, mas é um livro biográfico pós guerra e mesmo assim conta em pequenas partes o que ele fez com seus prisioneiros, o final do livro trás uns relatos mais chocantes sobre a sua história. 
Segunda Guerra, principalmente quando se trata da Alemanha é um tema que eu me interesso bastante em ler e que mexe muito comigo, uma pena ele não ter sido preso e ter tido o destino merecido. 
É um livro que recomendo para quem gosta de História. 

Sinopse: Josef Mengele, o médico nazista que ficou conhecido como Anjo da Morte no campo de concentração de Auschwitz, escolhia o destino de suas vítimas: as câmaras de gás, os trabalhos forçados ou seu laboratório, alimentado diariamente com anões, gigantes, deformados e gêmeos para pesquisas e experimentos macabros. Ele consegue escapar dos tribunais no fim da Segunda Guerra Mundial, mudando-se para a América do Sul em 1949, quando chega à Argentina.
Escondido sob vários pseudônimos, Mengele acredita poder levar uma vida nova em Buenos Aires. A Argentina de Perón é benevolente, o mundo inteiro quer esquecer os crimes cometidos pelos nazistas. Mas a perseguição recomeça e o médico precisa fugir para o Paraguai e depois para o Brasil. Sua mudança de esconderijo para esconderijo não cessou até a sua morte misteriosa em uma praia brasileira no ano de 1979.
Como um médico da mais temida organização nazista pôde passar despercebido por trinta anos? O desaparecimento de Josef Mengele é um mergulho em um mundo corrompido pelo fanatismo, a política, o dinheiro e a ambição, habitado por velhos nazistas, agentes do Mossad, espiões e ditadores. Olivier Guez traça a odisseia da fuga de Josef Mengele pela América do Sul, em um romance-verdade sobre sua vida clandestina depois da guerra.

0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!