#JuntosPeloCinema

7/07/2020

Campanha #JuntosPeloCinema une setor e lança site e primeiro vídeo, enquanto as salas ainda estão fechadas

Por mais de três meses, profissionais se uniram para colaborar num projeto que apoia as empresas na preparação para o momento em quenas salas de cinema vierem a reabrir



Pela primeira vez no mercado brasileiro, exibidores, distribuidores, produtores, criativos e parceiros da indústria estão envolvidos em um projeto único com o intuito de preparar e implementar a retomada do cinema no Brasil, num movimento chamado #JuntosPeloCinema. É uma ação inédita que, respeitando a individualidade de cada empresa e mantendo a livre concorrência, busca ações para manter acesa a magia do cinema.
Colaborando desde final de março, o grupo de profissionais voluntários envolvidos no projeto tem como meta retomar o diálogo entre a experiência da sala de cinema e o público, de agora até o momento de reabertura das salas pelas autoridades, respeitando os protocolos aplicáveis de segurança e bem-estar já determinados ou em elaboração pelos governos locais.
A ideia nasceu dos profissionais que atuam no meio audiovisual visando auxiliar o segmento de mercado de exibição no Brasil a reencontrar seu público. As ações concretas são mediadas pela Flix Media, empresa especializada em comercialização de espaços publicitários no cinema. Conforme o time da Flix comunicava a ideia da campanha #JuntosPeloCinema, diferentes profissionais e mais players aderiam ao projeto. Neste momento, o que importa é uma coisa: relembrar a experiência incomparável da exibição nas salas de cinema. Esse esforço coletivo e pro bono de mais de 200 profissionais do mercado em prol do cinema é fundado no propósito de oferecer um ambiente de segurança e bem-estar para o público e de preservar milhares de empregos ligados à indústria cinematográfica, do set de filmagem à sala de exibição.
Como resultado, o movimento faz grandes entregas: uma campanha de comunicação que visa fortalecer o vínculo entre o cinema e o seu público. Um estudo sobre os protocolos de segurança e bem-estar desenvolvidos por governos e autoridades de saúde dá apoio, especialmente, aos pequenos e médios exibidores para que possam reabrir as salas com pleno atendimento às diretrizes de biossegurança que são determinadas pelos governos. E o Festival De Volta Para O Cinema, que dará as boas-vindas para o público quando as salas reabrirem.
Na primeira fase da campanha – ainda com as salas sem atividades de exibição -, mais de 300 veículos de mídia abrem espaço em suas programações para divulgar um vídeo que reforça os laços do público com o cinema. O vídeo, concebido pela agência e produtora La Unión, estreia hoje, assista aqui. A campanha se inicia agora e segue pelas próximas semanas. Para acessar o site do movimento:


Na segunda fase, um pouco antes da data de reabertura das salas ao público – que é determinada pelas autoridades -, se inicia a comunicação sobre os novos procedimentos que acompanham toda a jornada do espectador dentro do cinema. Serão oferecidos aos exibidores materiais que explicam os protocolos elaborados pelos governos locais - eles variam de cidade para cidade ou de estado para estado. Para esta etapa, tem sido fundamental a participação de entidades do setor como a Federação Nacional das Empresas Exibidoras de Cinema (Feneec), os sindicatos estaduais, seus associados e a Associação Brasileira de Multiplex (Abraplex). Eles acompanham a divulgação das diretrizes das autoridades competentes e estão orientando a aplicação dos protocolos.
E quando as salas de cinemas abrirem? O movimento #JuntosPeloCinema ainda irá ajudar a esclarecer as possíveis dúvidas dos espectadores, comunicará os filmes em cartaz ou a estrear e oferecerá um conteúdo muito especial: o Festival De Volta para o Cinema, idealizado pelo crítico, curador e apresentador Érico Borgo em parceria com distribuidores e exibidores, um projeto único na história do nosso cinema.
O Festival está programado para estrear junto com a reabertura das salas. Distribuidores nacionais e estrangeiros conseguiram os direitos e as cópias digitais de filmes que emocionaram os brasileiros. São clássicos, sucessos de bilheteria e crítica que integrarão com as estreias a programação de filmes nas duas primeiras semanas após a abertura. Uma pesquisa de opinião realizada pelo movimento apontou o interesse do moviegoer em rever filmes que marcaram a história do cinema.
Entre os parceiros que estão abrindo espaço para a divulgação dos materiais estão: AdoroCinema, Adsmovil, AXN, Buzzfeed, Canal Brasil, Canal Like, Cineclick, Cinepop, Elemídia, Eletromídia, Facebook, Flix Media, Folha de S.Paulo, FSign, Gameloft, Globo através da Globo Filmes, Google, Ingresso.com, JCDecaux, Megapix, MPV7, O Globo, Omelete, OTIMA, Portal Hugo Gloss, Preshow, PrimePass, Rádio JB FM, Rádio Metropolitana, Rede Mix de Rádio, RedeTV!, SBT, Seedtag, Sony Channel, Spotify, Tastemade, Telecine, TV BANDEIRANTES, UOL, Veja Rio, Veja São Paulo, Velox Tickets, Viacom/CBS, Waze, Webedia. Apoio Institucional: Academia Brasileira de Cinema, Ancine, Ministério do Turismo e RioFilme.

Livros

[Resenha] Amor Que Não Se Mede - Coletânea

6/26/2020


Livro: Amor que não se mede - Coletânea
Organização: Suka P.
Páginas: 122
Ano: 2020
Comprar: Físico | E-book

Sou suspeita para falar mas esse livro é só amor. Toda a criação dele nos transmite amor, a começar pela capa, super fofa, dentro a diagramação está belíssima. É uma coletânea de contos, crônicas e poesias.

"É preciso tempo para perdoar.Hoje entendo os motivos que te fizeram voar."

Em seus textos os autores conseguem trazer as diversas forma de amar, seja ele entre laços familiares, casais, ou até mesmo um amor de momento. Ele conseguem exprimir o amor em suas diversas formas. 

"Há histórias de amor que acalentam o coração.

É um livro curtinho que você consegue ler em um dia e vai se encantar com cada história.
Como disse sou suspeita para falar, mas teve texto que muito me identifiquei, alguns até me emocionaram e surpreenderam, gosto quando os contos tão uma virada na história e me surpreende. 
E as poesias são lindas e expressam intimamente o sentimento do amor.

Sinopse: Este livro reúne diversos textos que retratam sobre o amor em suas diversas formas.Feito por várias mãos conheceremos os diversos tipos de amor, ora sob formato de conto, ora crônicas e ora sob a forma simples, ritmada e delicada da poesia.É um livro para se encantar e mergulhar no amor. Aquele “Amor que não se mede”.

Filmes

[Filme] 365 DNI

6/24/2020

Assistir esse filme uns dias atrás e sinceramente venho pensando se devia ou não trazer minha opinião sobre o que achei desse filme. 
Confesso que enquanto escrevo ainda estou pensando se publico ou não, pois só vi elogios sobre o filme e só vi críticas pesadas a quem criticou o filme. 
Primeiro, bora deixar bem claro que não aceitarei comentários ofensivos e que se isso ocorrer a pessoa será bloqueada. Não estou afim de polêmica, apenas quero dizer o que penso e pronto.
Sim, já começo na defensiva porque esse mundo virtual aqui tá pesado.
Mas vamos ao que interessa, é um filme OK, se não fosse toda a problemática psicológica construída sobre ele.
O filme é baseado no livro da autora Blanka Lipińska, é um filme erótico polonês e conta a história de Laura que é sequestrada por um italiano mafioso dominador a fim de conquistá-la em 365 dias. 
É nítido que uma pessoa que é mafioso já tem problemas, mas ele é do tipo dominador e narcisista, nada contra dominadores, o problema é ele ser narcisista, ou seja, tem o ego super inflado, se acha a ultima coca-cola do deserto, não nego o fato de que ele é um homem bonito, mas ele perseguiu uma mulher e a sequestrou, pois acreditava que ela é o amor de sua vida.
E Laura, uma mulher de sucesso, sexualmente frustrada com o namorado, tinha tudo para ser uma personagem forte mas apenas se mostrou uma mulher dependente, completamente submissa a ele, ninfomaníaca (não vejo nenhum problema em ela gostar de sexo tá?), mas que acabou desenvolvendo a síndrome de Estocolmo, que é quando a pessoa sente amor ou amizade, nesse caso amor, pelo seu sequestrador.
Acredito que esses temas não deveriam ser romantizados, como disse é um filme OK se não fosse a carga psicológica existente nele. Mas fora isso a execução e criação do filme foram bem feitas, acho que os atores até tiveram uma boa química, o filme tem continuação mas já soube que a coisa vai piorar. 


Sinopse: Laura Biel é uma diretora de vendas que tem sua vida virada do avesso quando, em uma viagem a Sicília, Massimo Torricelli, um membro da família da máfia siciliana, a sequestra lhe dando 365 dias para se apaixonar por ele.
Elenco: Anna-Maria Sieklucka, Michelle Morrone, Bronisław Wrocławski, Otar Saralidze, Magdalena Lamparska, Natasza Urbańska, Grażyna Szapołowska, Tomasz Stockinger, Gianni Parisi, Mateusz Łasowski.
Duração: 1h 54min
Direção: Barbara Białowąs, Tomasz Mandes
Distribuidora: Netflix
Gênero: Romance erótico 
Classificação: 18 Anos

Assista ao trailer:


Alguém assistiu?
O que achou?

Bate-Papo

Vamos conversar - Quem sou e como Pensamentos & Opiniões surgiu?

6/22/2020


Normalmente não conhecemos quem está por trás da criação de conteúdo, então hoje eu resolvi falar um pouco sobre mim e como tudo isso começou.
Me chamo Suelane, mas vocês me conhecem por Suka, um apelido de infância que acabou se tornando meu pseudônimo, sou taurina e faço jus ao meu signo, gosto do que é bom, amo comer, viajar, ler (claro), sou cinéfila e adoro uma playlist. Faço parte da daqueles que amo o colecionismo, viciada em café e tecnologia, tenho TOC de limpeza e organização, não me denomino gammer, mas adoro um jogo. Ah! E por incrível que pareça sou tímida. 
Há 10 anos atrás quando terminei minha graduação em bacharel em Turismo, eu queria um espaço para que eu pudesse guardar meus textos e outros textos que eu gostava, então criei o Blog Pensamentos & Opiniões, com o tempo fui trazendo informações sobre unhas, moda, viagem, mas percebi que o que eu realmente precisa era ter um lugar para falar sobre minhas leituras e de tudo que gostava, então fui mudando a cara do blog, criei uma fanpage e comecei a usar o twitter, passamos por várias mudanças tanto no conteúdo como nas artes.
Nesse meio tempo, finalizei minha segunda graduação, dessa vez Licenciatura em Geografia e a pós-graduação em Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (com ênfase em turismo e meio ambiente), me ausentei por aqui. 
Muita coisa foi mudando na minha vida pessoal, mas vi que sentia falta desse meu cantinho, onde eu podia/posso me expressar, fiz inúmeras parcerias com autores independentes, o que foi maravilhoso, pois vários tornaram-se amigos, tive algumas parcerias com editoras, quando não existia esse boom de pessoas falando sobre literatura. 
Em 2013, criei minha conta no instagram, uma conta pessoa, mas que eu também usava para divulgar o que eu fazia no blog, fui ganhando seguidores e comecei a levar mais conteúdos para lá, não era nada profissional, fazia tudo por lazer, por gostar de escrever. Escrevi meu primeiro livro em 2015, mas não quis publicá-lo pois para mim faltava algo, em 2016, criei o canal no youtube, queria ter mais um espaço, mesmo com vergonha, como já disse sou tímida, pois até para falar em frente a uma câmera e sozinha no quarto, eu fico com vergonha kkk. 
Em 2018, resolvi fazer minha primeira publicação e lancei o livro Meu Ébano, que vocês encontram na Amazon em formato de e-book e físico diretamente comigo, é um romance hot, bem hot, mas era uma história que precisava ser contada, humm... Bem, isso é assunto para depois. 
Em 2019, dei uma marca ao blog, transformei-o em site, o ig passou a usar a minha marca, mas não deixei de publicar fotos pessoais, para mim o Pensamentos & Opiniões e eu, é tudo uma coisa só. 
Amo o que faço e fazer isso me abriu portas para o mercado literário, amo trabalhar com isso, mesmo na maior parte do tempo não sendo remunerado, na verdade às vezes gasto mais do que recebo, mas faço porque gosto, porque me dá prazer. 

Isso é um pouco sobre mim e como tudo isso surgiu... É isso! Um prazer ter vocês aqui!

Ed. Plataforma 21

[Resenha] Nevernight

6/19/2020


Livro: Nevernight
Autora: Jay Kristoff
Páginas: 608
Ano: 2017
Comprar: Físico

Mia na infância viu seu pai foi enforcado por traição, sua mãe ser levada à prisão conhecida como Pedra filosofal e ela ia ser morta até consegui fugir, descobrindo ser uma sombria,  ficou vivendo nas ruas na tentativa de se manter até que conheceu seu “mentor” e tornou-se uma ótima assassinada. 

"[...] os olhos. Tinham cinco mil braças de profundidade. Puxavam você para o riso ao mesmo tempo que te afogavam."

A história intercala entre o presente de Mia em busca da Igreja Vermelha para tornasse uma assassina "profissional" e o seu passado desde a morte do seu pai.
Ela partiu na sua busca pela escola de assassinos, no caminho encontrará Tric e juntos eles vão passar por alguns momentos tensos antes de achar a igreja, quando finalmente consegue chegar nela e serem aceitos, suas aulas começam, e o inferno em sua vida também.

"No fim das contas, existem dois tipos de pessoa neste e noutros mundos: aqueles que fogem e aqueles que lutam."

Cada dia dentro da igreja vermelha é um novo aprendizado para Mia, aos poucos ela se aproxima de alguns concorrentes que acabam se tornando amigos, mas não há vagas para todos, por isso ela precisa ter em mente que ali todos são concorrentes, mas ela ainda guarda um pouco de sentimento como a piedade para si. Ela também tentará descobrir o que ela é. 

"A beleza vem de berço, mas a inteligência é uma conquista."

Na minha primeira tentativa de ler o livro, não consegui me prender a história e parei em 10% da leitura, mais ai surgiu uma leitura coletiva e decidi participar, confesso que no início fiquei bem trava na leitura do livro, mas decidi manter-me lendo ele e confesso que me apaixonei pela história da Mia e já quero ler as continuações. 
As notas de rodapé são interessantes em alguns momentos, em outros desnecessárias, em outros engraçada. 
Mas como disse, é uma história pela qual me apaixonei e já quero saber o que irá acontecer nos próximos livros. 

Sinopse: Há histórias sobre Mia Corvere, nem todas verdadeiras. Alguns a chamam de Moça Branca. Ou a Faz-Rei. Ou o Corvo. A matadora de matadores. Mas, uma coisa é certa, você deveria temê-la.
Quando ela era criança, Darius Corvere – seu pai – foi acusado de insurreição contra a República de Itreya. Mia estava presente quando o carrasco puxou a alavanca, viu o rosto do pai se arroxeando e seus pés dançando à procura do chão, enquanto os cidadãos de Godsgrave gritavam “traidor, traidor, traidor”...
No mesmo dia, viu a mãe e o irmão caçula serem presos em nome de Aa, o Deus da Luz. E, embora os três sóis daquela terra não permitam que anoiteça por completo, uma escuridão digna de trevas tomou conta da menina. As sombras nunca mais a largaram.
Mia, agora com dezesseis anos, não se esqueceu daqueles que destruíram sua família. Deseja tirar a vida de todos eles. É por isso que ela quer se tornar uma serva da Igreja Vermelha – o mais mortal rebanho de assassinos de toda a República. O treinamento será árduo. Os professores não terão misericórdia. Não há espaço para amor ou amizade. Seus colegas e as provas poderão matá-la. Mas, se sobreviver até a iniciação, se for escolhida por Nossa Senhora do Bendito Assassinato… O maior massacre do qual se terá notícia poderá acontecer. Mia vai se vingar.